Procure o assunto de seu interesse deste Blog:

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

EMG do Pullover

Vejo que há grande divergência dos meus alunos e amigos quanto a quais músculos são envolvidos no exercício executado na musculação do "Pullover" no banco reto. Segue abaixo imagem da comparação em gráfico da técnica de monitoramento da atividade elétrica das membranas excitáveis das células musculares do Exercício através de EMG (eletromiografia).


  • músculos peitoral maior parte esternocostal (PME)
  • músculos peitoral maior parte clavicular (PMC)
  • Grande Dorsal - costas (GD)
  • Deltoide Posterior (DeP)
  • Tríceps Braquial (TBL)

Obs: Muitos outros músculos são envolvidos, pois, devemos pensar no exercício em forma de execução de toda a cadeia envolvida, como as articulações, músculos sinergistas, agonistas, etc, porém, nesse estudo estão ilustrados os principais envolvidos. 
Obrigado Prof. Allan Brennecke pela imagem!


segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Condromalácia Patelar

A condromalácia patelar ou condropatia é uma patologia também conhecida como síndrome da dor patelofermural  , e trata-se de patologia crônica degenerativa da cartilagem da articulação da superfície posterior da patela e dos côndilos femorais, gerando desconforto e dor em torno ou atrás da patela, também é citada em artigos e pesquisas como joelho de corredor, pois este é o público que mais acomete a este problema embora pessoas que possuem desvios posturais principalmente no quadril tendem a ter esse problema, mesmo não sendo atleta de corrida como mostra a figura abaixo:
imagem 1
 Essa cartilagem que envolve a parte posterior da patela tem a função de deslizar dentro de um sulco na porção anterior e inferior do fêmur. Grandes ligamentos unem o fêmur e a tíbia para promover estabilidade, enquanto longos músculos dão força ao joelho, dos quais devem ser fortalecidos, ainda mais se você for um atleta. As superfícies articulares, onde estes ossos entram em contato, são cobertas dessa cartilagem especial, chamada de cartilagem articular. Esta cartilagem torna possível o movimento articular. As demais superfícies do joelho são cobertas por uma fina camada de tecido chamado de membrana sinovial. Esta membrana libera um líquido especial que lubrifica a articulação e reduz o atrito próximo de zero em um joelho normal. Normalmente todos estes componentes trabalham em harmonia. A condromalacia ou condropatia é classificada em quatro níveis:

Grau I: amolecimento da cartilagem e edemas, da qual estudos mostram que se tratada nessa fase pode ser reversível.
Grau II: fragmentação da cartilagem ou rachaduras com diâmetro inferior a 1,3 cm de diâmetro.
Grau III: fragmentação ou rachaduras com diâmetro superior a 1,3 cm de diâmetro.
Grau IIII: erosão ou perda total da cartilagem da articulação em questão, com exposição do osso subcondral.
imagem 2


O diagnóstico normalmente é obtido por meio de exames de imagem, como a ressonância magnética, que é solicitado pelo especialista médico, do qual deve ser consultado logo no início da dor. Logo que o indivíduo é diagnosticado com o problema, deve iniciar o tratamento com exercícios fisioterápicos, fortalecimentomuscular da região, tratamento com medicamentos orientados pelo seu médico, evitar a atividade de corrida por um tempo e movimentos articulares de 90º, ainda mais com sobrecargas, pois, nessa posição o atrito pode aumentar o problema como mostra a figura abaixo:

imagem 3

O mais importante a ser lembrado é que como precaução antes de iniciar uma atividade física você deve ser avaliado por um médico, após isso, procure a orientação de um professor de educação física, caso tenha desvios posturais, leve o diagnóstico ao seu professor para que ele possa tomar as precauções necessárias ou indicá-lo a atividades condizentes a você para que não haja o problema futuro ou para prepará-lo a atividade física desejada. Aquecimento é fundamental para preparar nosso corpo para a atividade física e alongamentos são ótimos, porém devem ser ministrados no momento certo e encarados como uma atividade física normal, não como profilaxia, relaxamento pós-atividade é muito bom, mas não vai lhe promover flexibilidade adequada. Sigam essas dicas e saúde a todos.

Fontes:
  • Imagem 1 e 3: http://spallafisioterapia.com.br/author/spallafisioterapia/page/8/ - em 12/01/2015
  • http://www.infoescola.com/doencas/condromalacia-patelar/- em 12/01/2015
  • Outerbridge RE. A etiologia da condromalácia patelar. J Bone Joint Surg BR. 1961; 43: 752-7.
  • http://www.bjj.boneandjoint.org.uk/content/43-B/4/752.full.pdf+html – em 12/01/2015


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Feliz 2015

Feliz ano novo a todos os meus amigos e seguidores, que este ano seja um ano repleto de conquistas, sucesso e saúde... Um grande abraço a todos!